3 dicas do Trinity Mirrors que você deveria usar para otimizar o seu portal

Listamos 3 dicas do maior grupo editorial do Reino Unido e acrescentamos uma bônus para garantir que você consiguirá otimizar o seu portal.

navegg-3-dicas-do-Trinity-Mirrors-que-você-deveria-usar-para-otimizar-o-seu-portal

Trinity Mirrors é o maior grupo editorial do Reino Unido. A empresa existe desde 1903 e, entre as suas publicações locais estão, jornais como Daily Mirror, Sunday Mirror, People, Sunday Mail e Daily Record. Após mais de 100 anos de história, a Trinity Mirrors tinha um modelo de negócio tradicional e precisou adaptar-se às mudanças que ocorreram no mundo para atualizar-se. Confira 3 dicas do Trinity Mirrors, extraídas de matéria do The Drum, que você deveria usar para otimizar o seu portal. No final, ainda há uma dica bônus da Navegg.

 

Destaque o diferencial do seu inventário

No caso do Trinity Mirrors, o que há de mais valioso nas suas audiências é o conhecimento íntimo sobre os times de futebol e as comunidades locais. Isso representa uma vantagem do inventário deles em relação aos outros publishers de notícias nacionais.

Reflita: Qual é o seu diferencial? O volume de acessos? A especificidade do tema que aborda ou do local em que atua e, portanto, o nicho do seu inventário? Este diferencial precisa ficar escancarado para os anunciantes que procuram a sua empresa pois com certeza é um dos fatores que vai otimizar o seu portal.

 

Procure quem pode ajudar a otimizar o seu portal

Com ênfase na natureza única do seu público em mãos, o Trinity Mirrors começou a buscar parceiros de tecnologia para compreender ainda melhor o perfil do seu público e otimizar a monetização da sua audiência. O Trinity Mirrors descobriu rapidamente que não tem como aumentar as vendas sem conhecer o seu público e seus hábitos através das telas. Dessa forma, a conversa com os anunciantes não é mais sobre inventário mas sobre conteúdo e dados.

Entre os serviços contratados estão um serviço de DMP (Data Management Platform ou Plataforma de Gestão de Dados) e uma SSP (Supply Side Platform, Sell-Side Platform ou Plataforma para o Vendedor/Fornecedor). O primeiro é o responsável por:

  • centralizar e organizar os dados do portal para análise da audiência
  • enriquecer a audiência
  • conhecê-la de forma holística
  • criação de novas fontes de receita
  • organizar os dados para disponibilizá-los para uso dos anunciantes

Já a SSP é um sistema que auxilia os publishers na hora de vender seu inventário. O SSP monetiza o inventário não vendido, além de enriquecer a audiência com os dados fornecidos pela tecnologia DMP.

Para otimizar o seu portal busque também parceiros de tecnologia que já tenham expertise nessa área para que, além de fornecer a tecnologia possam te orientar sobre este novo mundo.

 

Para saber mais sobre DMP, leia:

 

Para saber mais sobre SSP, conheça:

 

Dados próprios

O Trinity Mirrors aprendeu a extrair o máximo dos seus dados próprios. Isso o levou a construir segmentos como “fãs de esportes”, “compradores experientes” e outros. Faça o mesmo com os seus dados próprios para conseguir otimizar o seu portal. Dados deste tipo não podem ser encontrados em nenhuma trading desk ou outro portal pois são dados que, em primeiro lugar, obviamente só existem no seu portal e, em segundo, são dados bem diferentes e que agregam muito mais valor do que os segmentos de dados demo e psicográficos clássicosPara isto, o DMP também será um aliado.

 

Dica bônus: esteja no programático

Para finalizar, se você quer otimizar o seu portal e ainda não vende programaticamente, está perdendo tempo. Muitas vezes a mídia programática é vista como uma ameaça pelos publishers. Na realidade, a modalidade traz transparência e agilidade para as transações. Além de viabilizar campanhas mais assertivas e relevantes. Para estar no programático, o DMP e o SSP, já comentados neste texto, serão seus aliados. Saiba mais sobre os benefícios e como ter sucesso no programático, lendo este texto.

Leia também

5 dicas para monetizar seu portal

Os tempos mudaram e, portanto, a necessidade de usar novos métodos para monetizar um portal.

DMPs em mercados emergentes – desafios e lições aprendidas

Mercados emergentes possuem algumas particularidades que pedem atenção na escolha de DMPs.

Como é ter um DMP, segundo o The Economist

Stephane Pere, chief data officer do The Economist, explica como está tirando maior proveito do seu DMP para aumentar a quantidade de cadastros e [...]