Digital marketing Hype Curve da Gartner atualizada

Confira as atualizações da Gartner Digital marketing Hype Curve.

Digital marketing Hype Curve da Gartner

A Digital marketing Hype Curve da Gartner, sobre a qual já falamos em outro post, é atualizada anualmente. Vamos acompanhar as mudanças que ocorreram.

 

Fase Slope of Enlightenment

As tecnologias abaixo estavam nessa mesma fase na curva anterior. Apenas avançaram algumas posições na curva. Com exceção de Personalization que foi testado, melhorou sua tecnologia e da fase de “Trough of Disillusionment”.

Campaign Segmentation

Eesse recurso permite que as campanhas sejam exibidas apenas para determinados grupos de consumidores. A combinação entre 1st e 3rd party data permitiu que cada vez mais novos tipos de segmentação fossem criados e que evoluíssemos dos dados demográficos para a riqueza de critérios que temos hoje.

Desafios enfrentados por essa tecnologia

A ampliação da cultura de segmentação de campanha para outras áreas de uma empresa, além do marketing, para que todos tenham mais informações sobre o consumidor e as utilizem para tomar decisões.

Personalization

Trata-se de usar as informações que se tem sobre o consumidor para personalizar uma página, um conteúdo ou uma oferta e melhorar resultados como os de conversão e engajamento. O nível de personalização pode ir da cor de um botão até o layout de uma página inteira e pode levar em conta os mais diversos tipo de dado: por meio de qual site o internauta chegou no site, a quais campanhas ele respondeu, qual sua localização, qual sua motivação de compra e etc.

Desafios enfrentados por essa tecnologia

Levar em conta, na hora de realizar uma ação personalizada, os limites e as expectativas dos clientes. Especialmente quando se tratar de uma personalização que requer dados fornecidos por eles.

Dymanic Creative Optimization

Trata-se do processo de mudar, em tempo real, os elementos de um anúncio (como a imagem ou mensagem) de acordo com certos critérios de segmentação. Por exemplo, localização, tipo de dispositivo usado, hora do dia, time que a pessoa torce e etc. Isso só é possível usando dados para identificar o perfil do internauta.

Desafios enfrentados por essa tecnologia

Evoluir para soluções mais robustas que façam várias versões de uma mesma mensagem e enfrentar questões de regulamentação uma vez que seu uso esbarra na questão de privacidade, dependendo do critério de segmentação que se deseja utilizar.

Mobile Advertising

São os anúncios que aparecem nos dispositivos mobile: smartphones, tablets e etc. O interesse por essa modalidade de publicidade vêm aumentando crescentemente pois de 2014 para cá a quantidade de usuários navegando por meio de dispositivos mobile cresceu 35,4%.

Desafios enfrentados por essa tecnologia

Resolver o fato de que no mobile as telas são menores e a publicidade parece ser muito invasiva e entender como se adaptar aos novos dispositivos mobile que estão surgindo. Por exemplo, os smartwhatches. Além disso, os dispositivos mobile tem uma tela menor e qualquer Além de depender da melhora contínua de browsers de mobile a fim de permitir análise de navegação do internauta para oferecer anúncios segmentados.

 

Fase Innovation Trigger

As tecnologias abaixo surgiram somente na nova curva.

Cross-device identification

Vai além de linkar uma navegação no celular com uma no desktop. Trata-se de identificar usuários únicos no ambiente digital, seja qual for o dispositivo que utilizem para navegar.  

Há muita expectativa por parte de anunciantes e editores para que evolua pois está relacionada com Mobile Advertising, Multi Channel Marketing, Customer Journey e da evolução do programático que está por vir: Programmatic TV Advertising.

Desafios enfrentados por essa tecnologia

Identificação do modelo do dispositivo – que muitos fabricantes não divulgam para manter o controle – e normatizações para o cruzamento da informação do tipo de dispositivo com o perfil do seu usuário pois a tecnologia já existe mas ainda passa por discussões de privacidade e regulamentação

Customer Journey Analytics

Essa tecnologia é muito procurada por empresas que querem compreender a jornada completa que seus clientes percorrem antes de efetuar uma compra para entender suas preferências, qual o benefício de cada interação e criar segmentos de acordo com o perfil de jornada. Inclui-se interações digitais (no site, com anúncios online e etc) ou humanas (com call center ou na loja física).

Desafios enfrentados por essa tecnologia

Análise não só de clientes cadastrados, e, portanto, identificados, mas também que não se encontram dessa situação.

 

Fase Peak of Inflated Expectations

As tecnologias abaixo continuam na mesma etapa em relação à curva anterior.

Tag Management

Esse recurso facilita as integrações de plataformas, personalizações e troca de dados entre parceiros. Um grande volume de tags num site, tarda o carregamento de uma página, o que pode aumentar a taxa de rejeição. Tag managers resolvem esse problema e agilizam a instalação de tags, que passa a ser feita sem a dependência na equipe de TI.

Desafios enfrentados por essa tecnologia

Questões de segurança para evitar o vazamento de dados (data liquidity), a latência dos sites e garantir a proteção dos dispositivos móveis.

Data-driven marketing

Esse recurso permite que as informações 1st paty sejam enriquecidas pelas 3rd party a fim de se obter um perfil 360º do internauta, aplicar essas informações em ações de marketing e utilizar dados para mensurá-las e, assim, completar o ciclo. Essa tecnologia tira os profissionais de marketing do campo da intuição e os coloca mais perto de métricas confiáveis para tomar decisões.

Desafios enfrentados por essa tecnologia

Para que ela funcione é preciso que haja na empresa uma cultura de acesso, coleta de dados e aproveitamento dos mesmos para tomada de decisões.

DMP

As plataformas de gestão de dados coletam dados 1st e 3rd party, os classificam e os acionam em diversas plataformas e ações de marketing. Ultimamente, seu valor vêm sendo percebido principalmente por aqueles que querem realizar ações efetivas e com escala para se comunicar não apenas com quem acessa seu site mas também com pessoas que possuem perfil interessantes para a marca.

Desafios enfrentados por essa tecnologia

Desenvolver soluções cross-device para cruzar as informações de navegação do usuário de desktop no mobile enredereçando as questões de privacidade.

 

Fase Trough of Disillusionment

As tecnologias abaixo estavam nessa mesma fase na curva anterior. Apenas avançaram algumas posições na curva.

Multichannel Marketing

Trata-se da realização de esforços de marketing nos mais variados canais para melhorar o engajamento com o cliente.

Desafios enfrentados por essa tecnologia

Mensurar todos esses reforços e cruzar as informações para entender a contribuição que cada ação tem para o processo de compra e otimizar investimentos.

Event-Triggered Marketing 

Esse recurso dispara ações mais efetivas pois são personalizadas de acordo com o perfil do consumidor ou com alguma ação que ele realizou.

Desafios enfrentados por essa tecnologia

Estender-se para ações offline. Compras em loja física e atendimento de call center, por exemplo.

Social marketing

Trata-se do uso das mídias sociais e outras comunidades online para dialogar e engajar os clientes e trabalhar a lealdade, oferecer mais informações aos clientes e enriquecer suas experiências com a marca.

Desafios enfrentados por essa tecnologia

Aproveitar as opiniões, os feedbacks e as sugestões dos clientes como combustível para insights.

Real-Time Bidding (Advertising)

É um processo de compra e venda de mídia online em tempo real por meio de leilões. Enquanto uma página é carregada, o leilão ocorre e, basicamente, o anunciante que tiver o melhor lance aparece com o seu anúncio. Seu futuro está no uso dos dados. Para o publisher, que poderá oferecer um inventário baseado no perfil de sua audiência e não mais no conteúdo de suas notícias e poderá cobrar mais por esse inventário com informação enriquecida, e para o anunciante – que poderá realizar campanhas mais efetivas biddando exatamente pelo público que o interessa.

Desafios enfrentados por essa tecnologia

Fraudes, anúncios que são exibidos mas não são vistos, questões de privacidade, a grande quantidade de intermediários nesse processo, adaptar-se ao vídeo e ao mobile e enfrentar a preferência por outras formas de automação na compra, como os private deals.

Online Advertising Data Exchange

São basicamente marketplaces de dados, nos quais os participantes podem comprar e vender informações anônimas sobre seus consumidores com a finalidade de melhorar o conhecimento do consumidor e turbinar as campanhas. Como está relacionado a dados, seu crescimento está associado ao crescimento de outras tecnologias. Tais como DMP, mídia programática, segmentação de campanha e analytics.

Desafios enfrentados por essa tecnologia

Integração com fontes de dados como a televisão e a loja física e, principalmente, a persepção da diferecença entre valor percebido pelo dado versus resultado gerado pelo uso.

Leia também

Conhecendo os dados Navegg

Observados, inferidos ou comportamentais, os dados Navegg ajudam empresas de todos os tipos e portes a segmentar suas ações e conhecer sua audiência.

Sobre a Lei de Proteção de Dados

Não é de hoje que a Lei de Proteção de Dados é assunto nos portais de notícia. O projeto está tramitando há seis anos [...]

2017 Gartner Hype Cycle for Digital Marketing & Advertising

Como já é tradição, vamos analisar a edição de 2017 Gartner Hype Cycle – a consultoria americana de tecnologia dedicada a analisar vários setores [...]