Curva da Gartner e sua estratégia digital

Gartner mostra em que etapa da evolução estão as soluções de marketing digital. A Navegg tem soluções para todas elas, de acordo com sua estratégia digital.

Curva da Gartner e sua estratégia digital

No marketing digital há várias opções de ferramentas e soluções à disposição do profissional, mas nem sempre é fácil decidir qual usar e em que momento. Isso porque tudo depende da etapa em que a empresa se encontra, do seu perfil e do objetivo que ela espera alcançar com o uso das soluções. Para resolver esse problema, muitos profissionais se baseiam na Curva da Gartner Hype Cycles for Technology and Marketing.

Gartner é uma consultoria americana de tecnologia que divulga todos os anos curvas de diversos setores atualizando as posições das tecnologias. Para isso, leva em consideração dois fatores: visibilidade e maturidade. A Curva da Gartner em questão trata apenas sobre os conhecimentos aplicados ao marketing e à publicidade e representa graficamente a adoção de novas metodologias de marketing.

Hype Curve

Na fase Innovation Trigger desta Curva da Gartner estão produtos adotados por empresas early-adopters que estão sempre a frente, arriscando e buscando o que há de mais novo no mercado para melhorar suas ações. Um exemplo é o Cross-Device que permite saber que o usuário que acessa um site de um tablet é o mesmo que o acessa de um desktop.

Na etapa Peak of Inflated Expectations estão produtos novos que cada vez mais começam a ser adquiridos por empresas que querem se diferenciar de seus concorrentes. Por isso, a expectativa em relação a eles é alta. Um exemplo são as soluções DMP que coletam dados 1st e 3rd party, os segmentam e os acionam das mais diversas maneiras: lookalike, personalização de sites de acordo com o internauta, retargeting, mídia programática e etc.

O estágio Trough of Disillusionment é a hora da verdade. Os produtos que encontram-se nessa etapa já foram testados e agora tem duas opções: mudar para melhor ou cair no desuso. É o caso do big data que já teve seu auge mas agora o mais importante é saber o que fazer (como acionar) com esse grande volume de informações.

Na fase Slope of Enlightenment ficam somente os produtos que melhoraram com base nos feedbacks das outras fases. Em alguns casos, a permanência ou retirada do produto está relacionada também a evolução do mercado e/ou da sociedade. Nessa etapa está a segmentação de campanhas com data que já passou por vários “testes” e agora está consolidada. É praticamente impossível encontrar um anunciante que faça suas campanhas sem segmentar por dados demográficos, pelo menos. No entanto, os mais inovadores segmentam com informações de interesse e comportamento do internauta.

Por fim, em Plateau of Productivity estão os produtos que já provaram os benefícios do seu uso. Empresas que adotam os produtos de ambas as fases finais, são aquelas que preferem não arriscar e adquirir somente aquilo que já foi testado e aprovado. Um exemplo de produto dessa fase final são os web analytics, desenvolvidos para conhecer o público que acessa um determinado site e medir resultados de ações relacionadas ao site.

Qual é o perfil da sua empresa? Quais tecnologias está adotando? Independente de como você queira montar sua estratégia digital, a Navegg tem as soluções para o momento digital do seu negócio.

Leia também

Conhecendo os dados Navegg

Observados, inferidos ou comportamentais, os dados Navegg ajudam empresas de todos os tipos e portes a segmentar suas ações e conhecer sua audiência.

Sobre a Lei de Proteção de Dados

Não é de hoje que a Lei de Proteção de Dados é assunto nos portais de notícia. O projeto está tramitando há seis anos [...]

2017 Gartner Hype Cycle for Digital Marketing & Advertising

Como já é tradição, vamos analisar a edição de 2017 Gartner Hype Cycle – a consultoria americana de tecnologia dedicada a analisar vários setores [...]