Navegg cria sistema que exibe anúncios só para pessoas e não para robôs

Navegg desenvolve critério de marketing que possibilita que vídeos e banners sejam exibidos apenas para pessoas reais, evitando 25% de fraudes eletrônicas

navegg-anuncios-pessoas

A cada três dólares gastos em anúncios online, um é perdido em anúncios eletronicamente fraudados por robôs. Os números são de pesquisa internacional do IAB feita em parceria com empresas de segurança digital. Nessas fraudes são perdidos pelos anunciantes cerca de 18,5 milhões de dólares por ano.

A Navegg, empresa brasileira de data provier e DMP, criou um mecanismo que chamou de Verified Human Traffic, que garante ao anunciante que somente pessoas visualizarão suas peças publicitárias online.

A criação do novo critério foi desenvolvida com base na análise dos hábitos de navegação dos usuários. “Os robôs são criados para ações específicas e ao analisar o histórico de navegação, o tipo de dispositivo e de conexão, podemos inferir que os históricos mais longos e determinados dispositivos e conexões são de uma pessoa real. Além disso, o fato de estarmos presentes em mais de 100 mil sites nos permite diferenciar quais são os padrões de comportamento online de robôs e de humanos”, afirma Luciano Juvinski, CTO da Navegg.

Mecanismos como o da Navegg deverão se multiplicar e eles serão uma das armas para combater essa que se tornou uma prática vilã da real eficácia do mundo digital, hoje cada vez mais sendo combatida e banida em todo o mundo.

 

Artigo publicado originalmente em: http://www.proxxima.com.br/home/negocios/2015/11/24/Empresa-cria-sistema-que-exibe-anuncios-so-para-pessoas-e-nao-para-robos.html

 

Saiba mais sobre a metodologia clicando aqui.

Leia também

Quatro vagas para DEV

Confira quatro novas oportunidades da Navegg: Vagas para DEV em Curitiba-PR.

Vaga para Analista de Negócios

Confira a mais nova oportunidade da Navegg: Vaga para Analista de Negócios em São Paulo.

As preocupações do eleitor brasileiro em 2018

Confira o que mudou na preocupação do eleitor brasileiro desde a última eleição presidencial.